sábado, 27 de novembro de 2010

O que é o amor?


Ele a encontrou no chat e foi logo perguntando:

― Eu não entendo... o que é o amor?

― Olá, tudo bem?

― Ah, sim. Tudo. Desculpa.

― Não esquenta...

... mas então, o que é o amor?

― O que é o amor? Boa pergunta. Eu sei lá o que é o amor.

― Uns dizem que não é fim, é meio. Outros que é amizade com sexo. Alguns que é um espelho.

― Um espelho? Como assim?

― Que a gente ama o que reflete na pessoa amada. A gente ama a admiração que ela sente por nós. No fundo, a gente ama a nós mesmos, as nossas virtudes, o nosso “endeusamento”, a condição de ser amável. Por isso, amor próprio e amor alheio são a mesmíssima coisa.

― Hmmmm... interessante. Mas por que isso agora?

― Sei lá, tava pensando na minha cidade-natal e como ela não me eleva, projeta meus defeitos, realça coisas ruins de mim.

― Deve ser por isso que você não a ama. Simples assim.

Um comentário:

Alex Gruba disse...

sem "acidez" desta vez, sr poetinha, deixo uma letra do Jorge Ben. abraço.

"Deixa falar
Deixa zombar
Deixa brincar
Pois bom mesmo é amar
A gente fala
A gente zomba
A gente briga
Mas depois ama
Eu não sei falar muito bem
Mas sei falar bem de amor
Pra que brigar?
Pra que zombar?
Se um dia todos tem que precisar
Se um dia todos tem que precisar"