sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

"Meu namorado não me batia"


Ela abriu a porta de shortinho e top. Ele entrou. Andava meio aéreo, tinha terminado o namoro há alguns dias, aquilo ainda consumia seu pensamento. Ela sabia e perguntou como ele estava lidando.

― Tudo bem. O tempo cura ― respondeu, naqueles clichês inevitáveis.

― Pois eu também acabei o namoro recentemente ― disse ela.

― Ah é?

― Sim, meu namorado não me batia. Eu queria que ele me batesse, que me chamasse de cachorra na cama. Mas não. Ele só dava uns tapinhas, sabe? Umas coisinhas de leve, e ficava: “Ah, minha cachorrinha”. Porra, era muito frouxo!

Um comentário:

Soraya Barreto disse...

Célebres momentos! ai ai ai...