segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Abandonada no interior


Ela confiou nele. Confiou no homem que dizia amá-la. Depois de seis meses longe um do outro, pegou a mala e mudou de país. Foi encontrá-lo, numa cidade pequena do interior, com algumas peças de roupas, dinheiro contado e muita esperança.

Por amor. Ela fez isso por amor. E deu com a cara na porta. Ele passou o endereço da casa, mas não a recebeu como jurou que faria – mesmo insistindo para que eles vivessem juntos, desacreditou na coragem dela. Rejeitou a mulher que um dia confessou querer casar e ter filhos.

Ela ficou sem teto, sem rumo, sem sonho. Ainda se ergue do baque. Não quis voltar ao lar, à cidade-natal – a família não sabe da verdade. Prefere reconstruir os dias na vila pacata. Fez amizades puras, voltou a sorrir com leveza. Amou e arriscou. Final feliz é pros contos de fadas.

3 comentários:

Mary Jo disse...

can it be the story of my life??? :) Beijos!

Flora disse...

Isso me lembra a história de uma gatita chilena.

Ana disse...

Nossa, muito tocante a história...
Descobri o blog hoje, estou A-DO-RAN-DO!
Já está nos meus favoritos!
Parabéns pelo trabalho!