domingo, 9 de janeiro de 2011

Pulseira da reclamação


Uma amiga relatou a experiência, a coisa não deu muito certa, mas a ideia ficou. Coloque uma pulseira em um dos braços e toda vez que reclamar de algo, troque-a de pulso.

Ela disse que se trata de um exercício zen-budista, ou assim. O que importa não é a origem, mas o saldo: perceber que reclamamos muito, muito mesmo, ao longo do dia.

A pulseira pode ser imaginária. Tanto faz. O fato é que não só ele passou a se vigiar e controlar as lamúrias, como percebeu o quanto as pessoas ao seu redor dedicam-se (e repetem-se) a problemas tão mesquinhos.

2 comentários:

Alex Gruba disse...

essa tá tão boa que vou replicar no facebook. com os devidos créditos, lógico...

Gustavo Jaime disse...

Boa! Valeu!