domingo, 6 de fevereiro de 2011

Boa como milho


Os portugueses têm uma expressão engraçada para exaltar uma mulher. “És boa como milho!”, dizem. Será milho uma coisa tão estupenda assim? Cozido, com sal e manteiga, é mesmo suculento. O doce, em conserva, é uma delícia de comer na salada, no arroz, com carne moída, no cachorro quente ou a colherada. A semente aquecida no óleo fica ainda melhor na forma de pipoca. E ainda tem os salgadinhos de milho, a farinha de milho, o bolo de milho.

Ainda assim, por que não dizer logo de uma vez: “És boa como chocolate, pá!”. Acho que elas se derreteriam muito mais fácil pelo elogio. Fica a dica.

5 comentários:

i disse...

porque a expressão "boa como o milho" não é para agradar a mulher, é para comentar com os amigos entre cervejas

Gustavo Jaime disse...

Ah, pois é... mas tenho um amigo português que realizou então o "disparate" de dizer isso à namorada. E juro que achei que fosse a regra. ;)

i disse...

mas isso foi com certeza a brincar.
olha, tenho algo hilariante para te contar. onde tens andado?

Ricardo disse...

Os tugas referem-se ao campo de milho, pá. E milho dá farinha, farinha dá pão e o pão é a base da alimentação. De qualquer maneira você já viu o tamanhão da maçaroca?

Ricardo disse...

De qualquer modo já temos o cacau para designar o metal vil.