quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

O que atrai o macho? (Parte 3/4)


― É, a gente tava falando sobre o que é mais atraente numa mulher. Eu digo que são as coxas e o Dinho os peitos. Melhor: o cruzar de pernas e o decote ― precipitou-se a explicar Jairo.

O alagoano Donizete Pontes não gostava do nome, por isso o pessoal tratava-o apenas por Pontes. Alguns por sr. Pontes, mas isso no dia-a-dia corporativo. Era o mais velho do quarteto e ainda conservava uma saúde de Niemeyer. A fama de chato e reclamão do centroavante que vivia de lances esporádicos se restringia às quatro linhas.

― Sou da velha escola, rapazes. Daqueles que ainda cumprimenta as mulheres com um leve beijo nas mãos. E as encara. Então nada mais fatal que o olhar. Vocês falam de pernas e peitos porque são jovens... Mas essas coisas passam, sucumbem ao tempo. O olhar não. O olhar é perene. Minha primeira esposa tinha os olhos tão intensos que me roubou o coração e nunca mais consegui amar de novo. As outras três mulheres que tive só sabiam usar o artifício visual para satisfazer seus desejos físicos e materiais ― desabafou.

Ânderson ainda pensava nas palavras de Pontes, quando o próprio velhaco pigarreou e deu-lhe um tapa camarada nas costas.

― E você, hem garoto? Diz lá o que mais preza numa boa mulher.

Um comentário:

Bípede Falante disse...

Sabe, acho que o que atrai mesmo o macho é a oferta, não a oferta de mulheres, mas a oferta do que cada mulher oferece, principalmente, as ofertas inesperadas, que eles adoram uma liquidação :)